Coluna: designer de interiores Karen Martins, da @ka.martins

Quando e porque reformar o quarto dos seus filhos?

Conforme as crianças vão crescendo, as necessidades dos pequenos vão mudando e, com isso, se faz necessário ajustes nos móveis e na decoração do quarto, para acompanhar seu desenvolvimento.

A mudança na organização do quarto é uma dúvida bastante comum quando os filhos começam a passar pela transição de uma fase para a outra. Entenda melhor a seguir.

Fase 1: Bebê para criança

A primeira fase vai desde que o bebê nasce até 1,5 ou 2 anos ou até mais (esse tempo é bastante individual e relativo). Nessa idade a criança já está engatinhando/ andando, já não fica quieta no berço e os pais optam por colocar uma cama, retirar a poltrona de amamentação e a cômoda que já não se fazem tão necessários assim. Também iniciam um processo de discernimento entre o que preferem ou não.

As cores do quarto também devem ser repensadas, pois geralmente os quartos de bebês tendem a serem mais neutros e mais claros, mas depois dos dois anos, o ideal é incrementar o quarto com cores mais vibrantes pois incentivam a criatividade das crianças.

Uma outra opção é introduzir tapetes, almofadas, edredons, quadros, espaço para os brinquedos e livros, mesinha de atividades, lousas para desenho, etc.

É uma fase onde a criança começa a explorar e o quarto deve ser projetado para proporcionar autonomia e estimular a criança a brincar, ler, dormir tranquila e segura. O quarto passa a ser seu lugar de aconchego e acolhimento! Invista em tudo que seu filho mais gosta!

Fase 2: Idade Escolar

A partir dos seis ou sete anos, a criança inicia o ensino regular nos primeiros anos do Ensino Fundamental e os comportamentos passam por uma nova fase de mudança.

Chega a hora de fazer modificações no quarto pois os personagens favoritos e temas mudam, a criança tem cada vez mais vontade de decidir o tipo de quarto ou decoração que gosta. Além dos ajustes na decoração, é necessário fazer ajustes no mobiliário, como uma cama maior (se você investiu em uma cama tamanho júnior anteriormente), novas almofadas, armários, cabideiros para mochilas e bolsas, bancada de estudos ou escrivaninha com gaveteiros e cadeira confortável para as atividades escolares.

Fase 3: Pré-adolescência

A pré-adolescência, geralmente, corresponde à fase dos 9 aos 13 anos. E essa fase é bem diferente das anteriores pois é o fim da infância e os pré-adolescentes estão com a personalidade bastante definida.

Querem cada vez mais que os seus gostos e preferências sejam respeitados, bem como precisam cada vez mais privacidade no quarto. Nessa fase, os elementos infantis são abandonados aos poucos e uma nova decoração é adotada. Determinados quadros e até peças de enxoval são atemporais e podem permanecer por lá.

Os móveis começam a ter menos identidades infantis e precisam ser mais úteis. Essa é a fase do entretenimento, das descobertas, dos amigos dormirem em casa, e para isso, alguns elementos são necessários no quarto como TV, videogames, espelho, bicama, bancada de maquiagens, computadores, livros, etc.

Nosso objetivo aqui foi mostrar quão importante é proporcionar um ambiente adequado e inspirador para o desenvolvimento dos seus filhos.

Um beijo, Karen Martins.

ka-martins-tamanho-certo

Karen Martins (@ka.martins)

Karen Martins é designer de interiores, especializada em quartos e brinquedotecas e idealizadora do curso online Baby. Formada em administração e gestão de projetos, uma apaixonada por decoração e pelo universo infantil.

Deixe uma resposta